Os 10 Melhores Filmes que Representam o Inferno no Cinema

O inferno já foi retratado em inúmeras produções cinematográficas, aqui escolhi as 10 que mais me agradaram. Estes filmes retratam o inferno de várias formas: como ele sendo um lugar real e punitivo, a profecia do anticristo, um lugar imaginário que personifica os dogmas das religiões e a insanidade dos fanáticos religiosos, pactos e possessões demoníacas. 

OBS: Esta lista remete a fantasia por trás deste lugar místico e não caracteriza o ideal ateísta por trás desta fantasia. 

Contemplem o INFERNO!


10- Inferno (Nobuo Nakagawa, 1960)


Sinopse: O filme conta a história de dois jovens: Shiro e Tamura. Eles atropelam um bêbado e uma variedade de acontecimentos beirando o irreal começam a acontecer, todos os seus conhecidos morrem e no fim juntam-se no inferno, e diga-se de passagem, uma das mais cruéis e intensas visões do inferno.


09- O Exorcista (William Friedkin, 1973)



Sinopse: Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que é também um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.


08- O Olho do Diabo (Ingmar Bergman, 1960)



Sinopse: O inferno está em polvorosa por causa de um terçol no olho do diabo. A causa do mal é terrena: a virgindade de uma jovem de 20 anos prestes a se casar. Diante disso, o diabo envia Don Juan para tentar a moça e evitar que ela chegue casta ao casamento.


07- Haxan - A Feitiçaria Através dos Tempos (Benjamin Christensen, 1922)



Sinopse: Häxan documenta as perseguições movidas contra as feiticeiras numa Europa atravessada pela intolerância religiosa. O filme é narrado em primeira pessoa, como se o diretor desejasse demonstrar uma tese, assim enunciada: “A crença nos maus espíritos, feitiçaria e bruxaria é o resultado de ingênuas noções sobre o mistério do universo”. Torturas, possessões e rituais de Sabá são aqui dramatizados numa narrativa de docudrama, ilustrando uma série de analogias entre o mundo moderno e o período da Inquisição. Obra-prima do cinema fantástico, realizado numa época em que não havia censura. São visíveis as influências pictóricas de Hieronymus Bosch e Bruegel. O virtuosismo de Häxan acabou influenciando Carl Dreyer em “A Paixão de Joana D'Arc”.


06- Alucarda (Juan López Moctezuma, 1978)



Sinopse: Uma jovem chega a um convento após a morte de seus pais, fato que marca o início de uma série de eventos que liberta uma presença maligna na garota e na sua misteriosa nova amiga, uma enigmática figura conhecida como Alucarda.

"...inclui cenas de depravação ao estilo de Hieronymous Bosch, luxúria e angústia, situadas em cenários de castelos e mansões decrépitos, decadentes, quase orgânicos” (Pete Tombs, Mondo Macabro, pp. 145).


05- As Bodas de Satã (Terence Fisher, 1968)



Sinopse: Duc de Richleau(Christopher Lee )é um duque francês que está preocupado com o comportamento estranho de seu amigo,Simon(Patrick Mower). O duque tem toda razão de estar preocupado: a menos que sejam tomadas medidas drásticas, perderá sua alma para Satanás dentro de três dias...


04- A Profecia (Richard Donner, 1976)



Sinopse: Quando Kathy Thorn (Lee Remick) dá a luz a um bebê que nãos sobrevive, seu marido Robert (Gregory Peck) decide protegê-la da devastadora verdade e substitui seu filho por um órfão, desconhecendo as origens satânicas da criança. O horror se inicia no quinto aniversário de Damien quando sua babá comete um dramático suicí dio. Logo a seguir, um padre que tentava avisar o pai de Damien é morto em um estranho acidente. À medida que o número de mortos aumenta, Robert percebe que seu filho é o Anticristo e decide que precisa matar o menino para impedir que a terrí vel profecia se cumpra. Com ritmo ágil e atmosfera maligna, A Profecia é o primeiro filme de uma saga clássica de terror.


03- The Devils (Ken Russell, 1971)


Sinopse: Ambientado durante o violento regime católico que tomava conta da França nos idos de 1631, parte da suposta possessão de uma madre-superiora (Vanessa Redgrave no papel de Sister Jeanne) cujas fantasias sexuais com o mais proeminente padre do vilarejo de Loudon (Urbain Grandier, interpretado por um surpreendente Oliver Reed) resulta num dos mais sangrentos episódios daquela era.


02- O Bebê de Rosemary (Roman Polanski, 1968)



Sinopse: Rosemary e seu marido se mudam para um novo apartamento em Nova York, onde passam a conhecer um casal de idosos que mora logo ao lado. Esse casal possui modos estranhos de agir; eles logo invadem a privacidade de Rosemary, de forma que começa a incomodá-la. Há algo por trás disso tudo e Rosemary, grávida, começa a desconfiar das pessoas, querendo proteger seu futuro filho.


01- Fausto (F.W. Murnau, 1926)



Sinopse: Baseado na famosa peça de Goethe, temos Fausto, um velho alquimista que vê sua cidade ser assolada pela peste negra. Vendo tanta morte, começa a pensar sobre sua própria finitude. Ele então evoca Mefistofeles, e lhe pede sua juventude de volta e eterna. O demônio a garante, em troca da alma de Fausto. Tudo parecia perfeito, até este se apaixonar por uma jovem italiana. Marco absoluto no cinema alemão, é o último filme de Murnau no país. 


Menções Honrosas 



South Park: Maior, Melhor e Sem Cortes (trey Parker, 1999)



Sinopse: Versão para o cinema da série da TV americana South Park, na qual quatro garotos, Kyle, Eric, Stan e Kenny esculacham, de forma grosseira e impiedosa, tudo o que é sagrado para o americano comum. No filme, o grupo resolve assistir o novo filme de Terrance & Philip, uma dupla de comediantes canadenses que usa e abusa do humor escatológico, recheado de palavrões e flatulências. Ao descobrir a ameaça da dupla para as crianças americanas, a mãe de um deles, Sra. Broflovski, inicia uma campanha que resulta numa sangrenta guerra entre os Estados Unidos e o Canadá. Em meio a toda esta confusão, está a dupla formada por Saddam Hussein e o próprio Diabo, que planejam dominar o planeta.


O Dia da Besta (Álex de la Iglesia, 1995)



Sinopse: Um sacerdote (Álex Angulo) acredita ter encontrado a mensagem secreta do livro do Apocalipse que o anti-cristo nascerá no dia 25 de dezembro em Madri. Para deter o anti-cristo, o sacerdote se une a um jovem aficcionado por death metal José María (Santiago Segura), tentando descobrir por todos os meios em que parte de Madri o evento apocalíptico ocorrerá. Com ajuda do vidente Cavan (Armando De Razza), que apresenta um programa sobre o sobrenatural, o sacerdote terá que enfrentar a chegada do demônio, profetizado como "o dia da besta".


Anticristo (Lars Von Trier, 2009)




Sinopse: Um casal devastado pela morte de seu único filho se muda para uma cabana isolada na floresta Éden, onde coisas estranhas e obscuras começam a acontecer. A mulher é uma intelectual escritora que não consegue se livrar do sentimento de culpa pela morte do filho, e ele, um psicanalista, tenta exercer seu meio de trabalho para ajudar a esposa. Anticristo é divido em partes: Prólogo e Epilogo e ainda capítulos que se passam na floresta de Éden: Dor, Luto, Desespero e Os três Mendigos.



Sobre o autor:

Leandro Godoy é o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música.

Share on Google Plus

About leandro godoy

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário