Blue Jasmine (Woody Allen, 2013)


                                                                 
                                                                      TRAILER:


        
Direção: Woody Allen
Roteiro: Woody Allen
País: EUA


Sinopse: Jasmine (Cate Blanchett) vive na alta sociedade em Nova York. Sua vida muda completamente quando ela separa-se do marido e perde todo seu dinheiro. Com isto ela é obrigada a ir morar com sua modesta irmã em São Francisco. Agora, distante de seu luxuoso universo, Jasmine precisará reorganizar toda sua vida.

Análise:

É notável a marca de Woody Allen no seu novo filme Blue Jasmine, os personagens são carismáticos, enigmáticos e neuróticos com diálogos frenéticos permeados com ironia e muito bom humor, mesmo sem vermos o nome do diretor na tela antes de começar o filme sabemos que esta obra é a sua mais nova criação. Como é bom ver Woody Allen novamente à comédias com um toque de loucura e psicodelia.

A linguagem cinematográfica de Woody Allen já é bem característica e cultuada, apesar de seu último filme Para Roma Com Amor ser muito inferior aos outros de sua filmografia, ele é um filme de Woody Allen e digno de ser visto por aqueles que gostam de filmes inteligentes e divertidos, mas não possui o toque de midas que trasformam seus filmes em joias raras, a exploração das neuroses humanas. Ele trabalha muito bem com personagens transtornados, que passam por momentos de crises psicológicas ou que são apenas loucos por natureza, neste filme ele concebeu Jasmine, uma mulher de meia idade que passa por um momento existencial bastante crítico que a está levando a loucura total.

O filme é uma sátira, uma parábola da vida mundana de qualquer mulher que anseia se casar com um bom partido e que deseja estar inserida na alta sociedade, sendo o centro das atenções, com sua beleza natural exarcebada por uma boa conta bancária, ou seja, uma vida de riquezas, luxúria e ostentação. Jasmine interpretada brilhantemente por Cate Blanchett representa muito bem esta mulher, ela acredita que nasceu para representar este papel, uma pessoa com uma beleza estonteante que é muito mais refinada do que culta e que sabe muito bem se aproveitar da fortuna de seu marido multimilionário.

Mas nem tudo é feito de maravilhas na vida de Jasmine, da noite para o dia ela se vê numa reviravollta trágica que a faz passar de uma rainha para uma plebéia sem nenhum tostão em sua bolsa da Louis Vuitton, andando a esmo, humilhada e sem seu marido milionário que na verdade era um vigarista, Jasmine entra em colapso nervoso e quase que psicótico, ela busca restaurar a sua sanidade nos braços de sua irmã que vive uma vida muito mais simples e comum.

A mensagem do filme pode parecer piegas mas nas mãos de Woody Allen ela se transforma em algo genial e transcendental, ele nos impele a pensar em nossa verdadeira natureza, o que somos não é o que temos, e nossa sanidade mental e espiritual não depende de nossa posição social ou financeira e o que nos faz feliz é mais simples de se encontrar do que parece. Faça o teste e veja por si mesmo.


Share on Google Plus

About leandro godoy

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário