Brian Tyler: Um Novo Ícone em Ascensão


Talvez o nome de Brian Tyler não lhe desperte nenhuma lembrança imediata relacionada ao universo hollywoodiano. Ainda assim, se franquias e blockbusters o levaram às salas de cinema nos últimos anos, são imensas as chances de você já ter ouvido algum de seus inúmeros trabalhos. Contratado pela Sony Music e assíduo regente da Orquestra Filarmônica de Londres, compôs, em seis anos, mais de quarenta e cinco trilhas sonoras.

Entre os principais filmes e vídeo games que fazem parte do portfólio de dos mais requisitados compositores da atualidade, estão Thor: O Mundo Sombrio, Homem de Ferro 3, Alien vs Predador, Velozes e Furiosos 5, Truque de Mestre, Call of Duty: Modern Warfare 3 e Assassin’s Creed IV: Black Flag.

Aos 42 anos, Brian Tyler, formado pelas conceituadas UCLA e Harvard, e grande fã de John Williams, costuma ser incapaz de contar nos dedos a quantidade de projetos enfileirados em sua lista de entrega. Indicado a um BAFTA em 2014 e vencedor do prêmio de compositor do ano no Cue Awards de 2013, chega a passar dezoito horas por dia em seu estúdio, e se recorda de ter tirado férias apenas uma vez no período de quatro anos.  

Neto do diretor de arte vencedor do Oscar, Walter H. Tyler, Brian herdou do avô uma grande paixão por filmes, e fundiu-a a sua inata paixão musical. Sua linhagem cinematográfica, no entanto, pouco lhe favoreceu no início da carreira. Depois de ver rejeitadas pelo menos 95% das dezenas de demos que enviou para algumas pessoas que queriam, e também para tantas outras que não as queriam escutar, ele finalmente chamou a atenção de um diretor, que achou uma de suas faixas ideal para a rolagem dos créditos de abertura em seu filme.  


Tyler, então, implorou para que o deixassem fazer o resto da trilha, e acabou sendo contratado para a produção independente de baixo orçamento pelo valor simbólico de um dólar. Todo o esforço se pagou, no entanto, no momento em que esse trabalho foi parar na mesa de figurões da 20th Century Fox. Após receber recomendações do premiado cineasta William Friedkin, as portas se abriram.

Adepto da captação ao vivo de sons através do uso de microfones, em detrimento de samples e áudios sintéticos, Brian Tyler grava quase tudo o que for possível. E, de preferência, ele mesmo o faz. Desde que começou a tocar bateria aos quatro anos de idade, aprendeu a tirar batidas e melodias de pelo menos trinta instrumentos diferentes.   

Apesar de não dominar todos no mesmo nível, acredita ser importante que compositores ao menos arrisquem o básico de uma ampla gama de instrumentos, por conta das diferentes atmosferas de cada novo filme. Para ele, certas faixas se escrevem por si só, e é preciso saber aproveitar a inspiração na sonoridade em que vier. Tyler se garante nesse quesito, deixando, além da enorme coleção de instrumentos espalhados pelos dois cômodos de seu equipado estúdio, muitos microfones a posto perto dos que já são utilizados com mais frequência.

Em seus vídeos de bastidores, o jovem compositor dá a impressão de que ocuparia também as posições de uma orquestra inteira se isso fosse viável. Apesar de tudo, ainda operando como um ser humano com prazos, “apenas” preenche a vaga de regente em projetos de peso, como a releitura do famoso tema de Jerry Goldsmith para a edição comemorativa do aniversário de cem anos da Universal Pictures.
   
Com uma carreira em evidente ascendência, munido da convicção de que a música deve cumprir seu papel de afetar emoções, e dispondo de um estilo marcante de composição, Brian Tyler desponta como um nome que ainda trará muitas contribuições ao mundo do entretenimento. Fiquemos no aguardo. Um de seus próximos blockbusters é, nada mais, nada menos do que Os Vingadores 2: A Era de Ultron.     




Sobre a Autora:

Shelsea Hüsch é formada em Rádio e TV e coleciona uma pilha crescente de livros não lidos. Aficionada por todo tipo de histórias, sonha em um dia poder contá-las nas mais diversas mídias. Seus outros interesses são: música, programas de entrevista e seus rottweilers. 


Share on Google Plus

About leandro godoy

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário