Desagradável (Fernando Rick, 2014)


TRAILER:


Direção: Fernando Rick
Gênero: Documentário, Música
País: Brasil

Sinopse: O documentário do DVD DESAGRADÁVEL narra em detalhes a trajetória da banda mais macumbeira e tosca do Brasil. Zicas, mandingas e urucubacas que cercaram a banda e a todos que tiveram o desprazer de cruzar seus caminhos com a Gangrena Gasosa reveladas de um jeito que você não vai acreditar.

Análise

O novo filme do cineasta Fernando Rick e da produtora Black Vomits Filmes foca no submundo da cultura underground carioca, cultura esta, que com sua ácida e epidérmica forma de enxergar o mundo, ajudou a construir todo um movimento musical que englobou vários gêneros e balançou as estruturas sociais de uma geração de jovens excluídos e sem voz. Este movimento musical teve o seu templo conhecido como Garagem, o seu patriarca Fábio Costa e os seus mais poderosos missionários, o Gangrena Gasosa. Uma banda de Heavy Metal com uma inquietude artística furiosa, subversiva e escrachada que se transformaram nos maiores expoentes deste fantástico e marginalizado contexto cultural no Rio de Janeiro.

Nos anos 1990 todo o cenário rock n roll brasileiro estava saturado e passava por uma mesmice tediosa proporcionada por uma escassez de criatividade, nesse contexto surgiu a banda de Heavy Metal Gangrena Gasosa. A banda fugia totalmente do convencional, misturando músicas de terreiros de macumba e o som pesado e gutural do Black Metal, um som original e único nunca antes visto, mas também um som totalmente amador tendo o seu diferencial na insanidade genial, inovadora, desagradável e escrachada de seus integrantes, que não tinham medo e muito menos pudor para esculachar tudo e a todos. A musicalidade da banda foi melhorando significativamente durante os anos e o seu som foi classificado por diversos nomes, como: ''Saravá Metal'', ''Black Metal Brasileiro'' e até ''Mamonas Assassinas do Heavy Metal'' (termo odiado por seus integrantes) entre outros.

A religião umbanda reverenciada em terreiros de macumba é uma das alusões que permeiam o imaginário dos brasileiros por causa de todas suas entidades que podem tanto fazer o bem quanto o mal, na mesma intensidade. A umbanda veio da África através dos escravos e possui um número considerável de fiéis, obtendo uma parcela significativa em todo meio cultural brasileiro e sofrendo vários preconceitos, tendo sua força nas regiões de maior concentração de escravos africanos na época do colonialismo, como Rio de Janeiro e Salvador por exemplo. A banda Gangrena Gasosa se baseou nas entidades maléficas desta religião para formar sua identidade artística, banalizando todos os seus conceitos e de forma pejorativa mandando as favas o misticismo que as englobam. Alguns dos ''sacrilégios'' cometidos por eles eram a profanação dos rituais de macumba de despejo feitos nas esquinas, roubando a cachaça, pipoca, farofa e qualquer coisa que eram colocadas nestes rituais as levando para os shows, onde eles as despejavam em cima do seu público.


Fernando Rick consegue registrar de forma bastante despretensiosa a personalidade impetuosa e anárquica dos principais integrantes da banda e toda sua evolução musical, mostrando também através da perspectiva destas pessoas e de uma forma bastante didática, o que foi o cenário musical underground desta época no Rio de Janeiro. O documentário realmente cativa pela a sinceridade dos depoimentos.

Além da criatividade exacerbada de todos os membros da banda, o documentário mostra também como que uma reunião de pessoas tão talentosas e explosivas podem se transformar numa bomba relógio, potencializada por desorganização de ideias, falta de reconhecimento e o consumo exagerado de drogas.

Para os mais supersticiosos, este filme também é um prato cheio por focar diretamente e explicar de forma simples o que é a religião umbanda, e de como todos os integrantes do Gangrena Gasosa incluindo àqueles que os ajudaram serem quem eles foram e são, sentiram as consequências de se brincar com estas entidades. Ditos por eles próprios, conhecemos as várias histórias de coisas bizarras e malucas que aconteceram durante todos os anos de existência da banda, como persegição por skinheads e feministas punk, casas de show que foram amaldiçoadas, integrante da banda sendo jogado em linha de trem depois de fazer sexo com uma mulher misteriosa e etc. As histórias mais extraordinárias e fantásticas são contadas por Fábio Costa (dono da casa de shows Garagem) que morreu durante as filmagens por problemas ocasionadas por diabetes, e por Paulão (ex-vocalista e um dos fundadores da Gangrena Gasosa). Verdade ou mito, acreditem se quiserem.

O filme conta também com depoimentos de pessoas ligadas diretamente e indiretamente com a banda, como Dado Villa-Lobos, Fábio Costa, João Gordo entre outros e por pessoas que de alguma forma se sentiram tocadas pela a energia explosiva na época em que eles eram a grande atração do Garagem, como os fundadores do Planet Hemp BNegão e Marcelo D2.

Se você quiser assistir ao filme ele está disponível no youtube, segue-se o link abaixo:

''Desagradável'', filme completo no youtube:



 Sobre o autor:

Leandro Godoy é o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Também é o idealizador e apresentador do canal do youtube CinePolítica e escritor do site Obvious e La Parola. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música.
Share on Google Plus

About leandro godoy

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário