Alex Ross: O Hiper-realismo nas Histórias em Quadrinhos


O artista plástico Alex Ross mudou todo o conceito das histórias em quadrinhos com seus desenhos hiper realistas os transformando em verdadeiras obras de arte.

Com sua arte, o norte-americano Alex Ross revolucionou o mundo da nona arte com seu magnífico trabalho na Marvel e Dc comics. Ele transpôs os personagens de formas mais realistas como se fossem fotografias sempre mantendo o visual e as estéticas clássicas e místicas dos personagens. O seu trabalho obteve reconhecimento e foi imortalizado através da parceria que fez com o genial escritor de estórias em quadrinhos Paul Dini, em edições comemorativas em formato de livros ilustrados dos 60 anos dos personagens Superman, Batman, Mulher Maravilha e Capitão Marvel. As estórias de Paul Dini que faz severas críticas sociais e políticas baseadas nas utopias que estes super heróis tentam nos transmitir, os aproximam de nossas realidades fazendo com que a arte de Alex Ross se misture também com nossas percepções e com o nosso mundo.

    ''Em seguida, eu voo para o sul, para países onde quase não existe meio-termo entre a riqueza e a        pobreza. A grande cidade abaixo é um bom exemplo deste abismo.'' - Superman: Paz na Terra.

    ''Tento imaginar o que teria sido minha vida como uma criança pobre de rua, sem família, sem ninguém  para cuidar de mim. Privado de recursos, será que ainda teria tentado lutar de todas as formas contra o crime, ou teria voltado meu ódio para a sociedade como fazem tantos outros?'' - Batman: Guerra ao Crime.


O Reino do Amanhã

Uma de suas obras-primas como desenhista na DC Comics foi a minissérie em quatro partes O Reino do Amanhã juntamente com Mark Weid que roteirizou a estória. A obra conta a estória de um mundo distópico onde a população não confia mais nos super heróis e os heróis que conhecemos estão idosos ou mortos. Uma obra-prima de grande impacto e importância na cultura pop.


Marvels

A sua grande obra-prima na Marvel Comics foi a também minissérie em quatro partes Marvels roteirizada por Kurt Busiek. A obra épica conta a estória pelo o ponto de vista dos seres humanos comuns, de como os super heróis da Marvel se adaptam ao mundo recém apresentado à eles.


Uncle Sam


A obra mais polêmica em que trabalhou foi a ácida Uncle Sam, uma minissérie em duas partes lançada pelo o selo Vertigo, escrita pelo mestre da subversão nos quadrinhos Steve Darnall. A obra conta a estória do mendigo Sam que é perturbado por alucinações das injustiças praticadas pelos EUA contra outras nações e etnias durante a sua história, como por exemplo a escravização, as guerras indígenas e etc. Uma obra-prima sem igual na cultura pop.


Sobre o autor:

Leandro Godoy é o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música.
Share on Google Plus

About leandro godoy

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário