Festival de Toronto revela seleção de terror

    “Tokyo Tribe”

Uma das mostras mais populares do Festival Internacional de Cinema de Toronto, a Midnight Madness, dedicada a filmes de terror, fantasias macabras e pancadarias ultraviolentas, divulgou a programação da sua 26ª edição, que acontece entre 4 e 14 de setembro na cidade canadense. Entre os filmes que participam desta edição, estão trabalhos de cineasta consagrados do gênero de terror, como o japonês Sion Sono, que venceu o prêmio do público no ano passado (pelo sanguinolento “Why Don’t You Play in Hell?”), o americano Adam Wingard (“Você é o Próximo”), o australiano Mark Hartley (“Patrick”), o espanhol Jaume Balagueró (franquia “[REC]]”) e o cultuado cineasta indie americano Kevin Smith (“Dogma”), trazendo o seu mais novo filme de terror.

Sono vai apresentar “Tokyo Tribe”, adaptação do mangá de Santa Inoue, que conta a história de uma explosiva gangue de rua. Wingard, por sua vez, está lá com o filme “The Guest”, sobre um veterano de guerra que visita a família de um suposto amigo do exército, falecido em combate, e logo começa a se revelar ameaçador. Hatley exibirá o documentário “Electric Boogaloo: The Wild, Untold Story of Cannon Films”, sobre a ascensão e queda da Cannon Films, distribuidora de filmes como “Guerreiro Americano” (1985), “Comando Delta” (1986) e “Mestres do Universo” (1987).

     “[REC] 4: Apocalypse”

Entre os filmes mais esperados, destaca-se a continuação da franquia “[REC]]”, intitulado “[REC] 4: Apocalypse”, no qual Jaume Balagueró retoma a personagem da repórter Ángela Vidal (Manuela Velasco), que sobreviveu ao ataque dos zumbis demoníacos do primeiro filme e é posta em quarentena a bordo de um navio petroleiro em alto-mar. E, claro, “Tusk”, de Kevin Smith, acompanha o desaparecimento, tortura, mutilação e transformação de Justin Long (“Amor à Distância”) numa experiência bizarra, enquanto sua namorada (Genesis Rodriguez, de “Casa de mi Padre”) e seu melhor amigo (Haley Joel Osment, de “O Sexto Sentido”) o procuram desesperadamente.

Outros filmes que participarão do evento são: “Big Game”, de Jalmari Heleander (“Papai Noel das Cavernas”), sobre o presidente e um garoto de 13 anos que precisam se unir para sobreviver à noite mais extraordinária das suas vidas; “Cub”, de Jonas Govaerts (série “Monster!”), que narra a história de um jovem escoteiro que se depara com uma criança selvagem morando numa casa na árvore no meio da floresta; “It Follows”, do americano David Robert Mitchell (“The Myth of the American Sleepover”), sobre uma jovem que, depois de um encontro sexual casual, se vê atormentada por pesadelos e não consegue se livrar da sensação de que alguém, ou algo, a está seguindo; e “What We Do in the Shadows”, falso documentário vampírico dirigido pelos atores Jemaine Clement (“Homens de Preto 3″) e Taika Waititi (série “Radiradirah”).

    ''What We Do in the Shadows''

Além da Midnight Madness, também foi divulgada a lista dos filmes selecionados para a Programação de Mostra Vanguard, que, de acordo com Colin Geddes, curador internacional do festival, “apresenta uma intersecção entre gêneros e filmes de arte, para mostrar obras intrépidas que destemidamente desafiam a convenção”. Ele ainda afirmou que o público que gosta do Midnight Madness definitavamente vai ser “seduzido pela sofisticação subversiva da Vanguard”.

A programação da Vanguard contará com a presença de Takashi Miike (“13 Assassinos”), Dave McKean “Máscara da Ilusão”), Fabrice Du Welz (“Espíritos Condenados”), Peter Strickland (“Berberian Sound Studio”), e da dupla Veronika Franz e Severin Fiala (documentário “Kern”), entre outros.

    ''Over Your Dead Body''

Miike mostrará o filme “Over Your Dead Body”, que acompanha uma atriz de teatro (Ko Shibasaki, de “47 Ronins”) que consegue colocar o seu amante (Ebizo Ichikawa, de “Ichimei”) na peça que ela estrela, mesmo sabendo que ele é um ator relativamente desconhecido. Outros atores da peça a desejam, e o amor possessivo de uns faz com que suas obsessões cruzem a barreira entre a realidade e a fantasia.

McKean apresentará a animação “Luna”, sobre quatro pessoas cujo longo fim de semana numa casa isolada traz à tona velhos ressentimentos, além de eles serem visitados por uma criança morta. “Alleluia”, de Fabrice Du Welz, mostra duas pessoas que se conhecem num site de namoro, e então surge uma paixão destrutiva e assassina entre eles. “The Duke of Burgundy”, de Peter Strickland, é um melodrama sombrio sobre duas mulheres que testam os limites da sua relação perturbadora e intensa. “Goodnight Mommy”, de Veronika Franz e Severin Fiala, mostra duas irmãs gêmeas que aguardam o retorno da sua mãe de uma cirurgia, mas estranham quando ela aparece envolta em ataduras.

    ''Hyena''

Outros filmes exibidos na mostra serão: “Hyena”, de Gerard Johnson (“Tony”), sobre um policial viciado que luta contra uma gangue albanesa; “Shrew’s Nest”, dos estreantes Juanfer Andrés e Esteban Roel (mas produzido por Álex de la Iglesia, de “Balada do Amor e do Ódio”), que conta a história de uma mulher que sofre de agorafobia e se mantém trancada num apartamento em Madri na década de 1950; e “Spring”, dirigido por Justin Benson e Aaron Moorhead (“Resolution”), acompanha um jovem americano que foge para a Itália e se envolve com uma garota que esconde um segredo sobrenatural.

Há ainda “They Have Escaped”, de Jp Valkeapaa (“Muukalainen”), selecionado também para o Festival de Veneza, que narra o relacionamento de um menino e uma menina que se conhecem num centro de detenção para jovens; “Waste Land”, Pieter Van Hees (“Dirty Mind”), sobre um policial que precisa resolver um caso bizarro envolvendo o seu parceiro; e “The World of Kanako”, de Tetsuya Nakashima (“Confessions”), que acompanha um ex-detetive na investigação do caso da sua filha desaparecida, apenas para descobrir que ela escondia alguns segredos.

    ''Tusk''

Mostras Paralelas do Festival de Toronto:

Midnight Madness:

“Tokyo Tribe”, de Sion Sono
“The Guest”, de Adam Wingard
“Electric Boogaloo: The Wild, Untold Story of Cannon Films”, de Mark Hartley
“[REC] 4: Apocalypse”, de Jaume Balagueró
“Tusk”, de Kevin Smith
“Big Game”, de Jalmari Heleander
“Cub”, de Jonas Govaerts
“It Follows”, de David Robert Mitchell
“What We Do in the Shadows”, de Jemaine Clement e Taika Waititi

Vanguard:

“Over Your Dead Body”, de Takashi Miike
“Luna”, de Dave McKean
“Alleluia”, de Fabrice Du Welz
“The Duke of Burgundy”, de Peter Strickland
“Goodnight Mommy”, de Veronika Franz e Severin Fiala
“Hyena”, de Gerard Johnson
“Shrew’s Nest”, de Juanfer Andrés e Esteban Roel
“Spring”, dirigido por Justin Benson e Aaron Moorhead
“They Have Escaped”, de Jp Valkeapaa
“Waste Land”, de Pieter Van Hees
“The World of Kanako”, de Tetsuya Nakashima


Sobre o Autor

Daniel Medeiros é graduado em Comunicação Social – Cinema e Vídeo, e formado no curso de Teoria, Linguagem e Crítica Cinematográfica. Com mais de dois anos de experiência na área, tendo nesse tempo se tornado colaborador de três sites de notícias e um site de cinema. Foi também o único representante catarinense que fez parte do Júri Popular do 39º Festival de Cinema de Gramado

Share on Google Plus

About leandro godoy

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário